Sua versão do navegador está desatualizado. Recomendamos que você atualize seu navegador para uma versão mais recente.

 Palestrantes do mês

Palestras de Fevereiro

 

Quarta-Feira, às 14h.

 

07 – Ernani Silva – Tema livre

14 – Paulo Barroso – Tema livre

21 – Lusilene Lopes – "Fronteiras da loucura"

28 – Edmilson Ferreira – "Não ponhais a candeia debaixo do alqueire"– ESE, cap. XXIV

 

Quinta-Feira, às 20h.

 

01 – José Henrique – “Coragem da fé” – ESE, cap. XXIV, it. 13

08 – Lusilene Lopes – "Fronteiras da loucura"

15 – Felipe Salvaya – Tema livre

22 – Nilton Vieira – "Paulo de Tarso - o apóstolo dos gentios"

 

Domingo, às 17h.

 

04 – David Souza – Tema livre

11 – Ernani Silva – Tema livre

18 – Warley – Buscai e Achareis – ESE – Cap. XXV , item 6

25 – Ana Maria – Amar o próximo como a si mesmo – ESE – Cap. X

                                                

                                    

                 13/10/1957 - 13/10/2017 - 60 ANOS

 

O casal CÍCERO E ZILDA VICTER participavam das atividades do Centro Espírita Friburguense, chegando a diretores daquela casa, como também diretor-residente do Abrigo Amor a Jesus, que abrigava Idosos e Meninos, permanecendo por algum tempo, morando e dirigindo aquela casa.

Precisando alugar uma casa para abrigar sobrinhos que vieram morar com o casal, Cícero e Zilda fixaram residência no Bairro de Olaria.

 

Em seu Lar, iniciou-se o Culto do Evangelho, com a participação de alguns amigos como Clarinda Hotz, José Telles de Mattos, Cesarina Mattos, José Ramos Neto, Luzia Lengruber Ramos, Margarida Cabral, Antonio Correa e outros. O culto familiar durou 10 anos.

Numa reunião, Zilda Victer, recebe orientação da espiritualidade, dizendo que chegava a hora de fundar um Grupo Espírita. Os participantes se reuniram várias vezes e às 15:00 horas do dia 13 de outubro de 1957, aconteceu a reunião de fundação do GRUPO ESPÍRITA CAMINHEIROS DO BEM, numa pequena sala, alugada na Rua Vicente Sobrinho, 12 – Olaria. A palestra inaugural foi proferida por JACKES ABUAB, já falecido. Um ano depois, em 18 de outubro de 1958, fundava-se a Mocidade Espírita Ignácio Bittencourt, tendo como dirigentes Gerson Rodrigues Lima, José Augusto da Silva e Olney Lugon e como mentores José Telles de Mattos e Clarinda Hotz. Em seguida teve início a Aula de Evangelho, com a orientação

de Nilse Teixeira de Oliveira, da Fraternidade Espírita Boa Nova.

 

Com o crescimento das atividades, transformou-se de Grupo para CENTRO ESPÍRITA CAMINHEIROS DO BEM.

No segundo ano de atividades a Diretoria adquiriu um terreno na Rua Prefeito Gustavo Lira, 55 – fundos, com a colaboração de Nilton Gomes Silva, Siberia Sanches Silva, João Batista da Silkva e Eugênio Ferreira Batista, onde foi construída uma sede provisória em madeira e um ano depois levantava-se a sede própria, funcionando no local, além das atividades do Caminheiros do Bem, funcionou o Grupo Alccólicos Anônimos e uma Escola Primária com o nome de Escola Cícero Victer, dirigida pela professora Odemia Silva, até fevereiro de 1979, quando foi totalmente danificada por uma barreira que caiu e destruiu toda sua estrutura.

Passamos a funcionar na sede do Centro Espírita Fé e Fraternidade até julho de 1981, gentilmente cedido pela sua diretoria.

 

Procuramos um outro local. Encontramos e adquirimos um terreno, com uma pequena casa, à Rua Presidente Backer, 14 – Olaria. Nesta casinha funcionamos durante um ano, ocupando a pequena sala para palestras e o pequeno quarto para os passes. A primeira palestra foi feita em 02 de agosto de 1981 pela companheira ELENI MEIRELES, de Niterói. Em seguida foi iniciada a construção da atual sede. E hoje, o CAMINHEIROS, com frequência aproximada de 130 pessoas, com

as seguintes atividades: Três Reuniões Doutrinárias, com palestras, passes e tratamento espiritual: Quarta-feira às 14: horas. Quinta-feira às 20:00 horas e Domingo às 17:00 horas. ;Um grupo de Estudo Sistematizado, sábado às 20:00 horas; Evangelização das Crianças e dos jovens, Quinta-feira às 20:00 horas; Estudo Mediúnico,Segunda ás 17:00 horas Quarta-feira às 20:00 horas; Reunião de desobsessão, sexta-feira às 19:00 horas; Campanha do Quilo, inciada em 1982, aos Sábados na arte da tarde, por Jair Coelho Martins e Arlete Neves. Hoje é realizada no sábado às 9:30 horas; Projeto Sementinha (enxovais para Bebês), Segunda-feira às 18:00 horas; Visita aos Lares de Enfermos, Terça-Feira às 14,00 horas; EADE, Quarta-Feira ás 20:00 horas Artesanato, Quinta-feira às 9:00 horas; Bazar permanente, Grupo Alegria de Viver (Visita aos Abrigos e Hospitais),no penúltimo domingo de cada mês, às 14:30 horas; Conservação da sede, Terça-feira, às 15:00 horas.

 

O Serviço Assistencial desempenha um grande trabalho, distribuindo, mensalmente, a aproximadamente 120 Cestas Básicas, roupas, medicamentos e outros auxílios aos carentes que procuram o Caminheiros do Bem.

Seguindo sempre o lema do Caminheiros do Bem“ILUMINANDO MENTES, CONSOLANDO CORAÇÕES”